Equipamentos necessários para espaço confinado



Conhecer os equipamentos necessários para espaço confinado é um cuidado fundamental para garantir a proteção dos trabalhadores que exercem funções nesses ambientes.

Os cuidados abrangem o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) e coletiva (EPC), que devem ser definidos de acordo com as particularidades de cada espaço confinado e tipo de trabalho exercido.




Saiba a importância dos equipamentos para espaços confinados


Os equipamentos para espaço confinado servem para garantir a proteção dos trabalhadores, evitando acidentes de trabalho que podem gerar lesões, contribuir para o desenvolvimento de doenças ou resultar na morte do trabalhador.

A empresa deve fornecer treinamentos específicos para que os trabalhadores possam realizar esse tipo de trabalho, pois esse é um requisito essencial para que eles sejam autorizados a entrar nos espaços confinados. Na capacitação, eles aprenderão sobre os riscos envolvidos e as medidas de segurança que devem ser adotadas.

Isso também é importante para que a empresa cumpra alguns regulamentos específicos. O primeiro é a Norma Regulamentadora (NR) 33, do Ministério da Economia, que é mais generalista e trata do espaço como um todo, trazendo regras básicas que devem ser observadas.

O segundo é a Norma Brasileira Regulamentadora (NBR) 16577:2017, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que traz mais detalhes sobre o assunto, abordando equipamentos, sistemas e procedimentos seguros para o trabalho em espaços confinados.

Ou seja, observar as normas é uma medida fundamental para que a empresa reduza os riscos e a ocorrência de acidentes, além de evitar problemas em caso de fiscalização ou em uma ação judicial trabalhista.


Faça um checklist de equipamentos necessários para espaço confinado


Existem diversos equipamentos de proteção que podem ser usados para garantir a segurança dos trabalhadores, vamos listar alguns itens específicos que são necessários nos espaços confinados.


Vestimentas


Existem vestimentas desenvolvidas especificamente para determinadas atividades, com foco na proteção do trabalhador em relação a determinados riscos. Para isso, os tecidos utilizados contam com características específicas, como resistência química ou ao fogo.


Portanto, não se trata apenas de um uniforme, mas de um EPI fundamental para que os trabalhadores tenham mais segurança durante o trabalho e se mantenham protegidos diante de imprevistos.


Proteção respiratória


Dependendo do tipo de espaço confinado, é preciso adotar o uso de máscaras que ofereçam proteção respiratória, mas existem diferentes tipos de EPIs que podem ser usados conforme os riscos identificados na Análise Preliminar de Risco (APR) e na Permissão de Entrada de Trabalho (PET).

Além das máscaras, é possível adotar o uso de respiradores que contêm filtros capazes de melhorar a qualidade do ar ou com adução de ar.


Detectores multigases


Esse equipamento tem o objetivo de fazer uma análise dos gases presentes no espaço confinado, e isso deve ser feito antes da entrada e durante o trabalho no local para identificar qualquer risco e tomar as medidas cabíveis.

Vale lembrar que, desde 2017, é obrigatório o uso de um detector que identifique pelo menos 4 tipos de gases. Essa regra substituiu a exigência do detector de gases, que verificava apenas o nível de oxigênio.


A mudança é importante, pois, mesmo que o oxigênio esteja em níveis adequados, podem existir outros gases prejudiciais ou que causem a asfixia, como o ácido sulfúrico (H2S) ou o monóxido de carbono (CO). Caso algum dos gases atinja níveis perigosos, o sistema emite um alerta para que o trabalhador saia do local.



Ventiladores


A ventilação é importante para manter a atmosfera do ambiente homogênea ou uniforme de modo contínuo, e o uso de equipamentos mecânicos para isso é mandatório, conforme previsto na NBR 16577:2017. Podem ser usados insufladores, exaustores ou os dois tipos de equipamentos, dependendo das características do espaço confinado em que será feito o trabalho.


Equipamentos complementares


Dependendo das características do espaço confinado, podem ser usados outros equipamentos complementares para a atividade. Confira algumas opções!


Trava-quedas


Esse equipamento é usado quando o espaço confinado também configura o trabalho em altura, com risco de queda. Por isso, ele é utilizado apenas em casos específicos.



Equipamentos de resgate


Entre os equipamentos necessários para espaço confinado, é importante lembrar dos que estão relacionados aos procedimentos de entrada e saída do ambiente. Por exemplo, se o trabalho é em um tanque, é preciso adotar alguns procedimentos específicos para o acesso e a retirada do empregado em caso de acidente.


Eles também podem ser usados nos procedimentos previstos no plano de resgate, que é um item obrigatório para o trabalho nesses locais. Aqui, podem ser usados:

  1. guinchos;

  2. talabartes;

  3. cintos de segurança;

  4. sistemas de ancoragem móvel;

  5. macas tipo envelope.


É importante destacar que as características específicas de cada equipamento dependerão dos detalhes de cada espaço confinado. Exatamente por isso, antes do trabalho é preciso elaborar a APR e a PET.


Inclusive, uma mesma empresa pode contar com diferentes tipos de espaços confinados, sendo fundamental que os responsáveis pelas ações de segurança do trabalho considerem as particularidades de cada um para definir práticas que serão adotadas pelos trabalhadores.


Procure um especialista, Procure a PORTEGE-SMS


Para garantir a segurança dos trabalhadores, a empresa deve tomar diversas medidas, principalmente ao mapear riscos, definir estratégias e adquirir os equipamentos necessários para o trabalho em espaço confinado. No entanto, muitas vezes surgem dificuldades para encontrar as melhores opções.




Conhecer os equipamentos necessários para espaço confinado é um cuidado fundamental para garantir a proteção dos trabalhadores que exercem funções nesses ambientes.

Os cuidados abrangem o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) e coletiva (EPC), que devem ser definidos de acordo com as particularidades de cada espaço confinado e tipo de trabalho exercido.




Saiba a importância dos equipamentos para espaços confinados


Os equipamentos para espaço confinado servem para garantir a proteção dos trabalhadores, evitando acidentes de trabalho que podem gerar lesões, contribuir para o desenvolvimento de doenças ou resultar na morte do trabalhador.

A empresa deve fornecer treinamentos específicos para que os trabalhadores possam realizar esse tipo de trabalho, pois esse é um requisito essencial para que eles sejam autorizados a entrar nos espaços confinados. Na capacitação, eles aprenderão sobre os riscos envolvidos e as medidas de segurança que devem ser adotadas.

Isso também é importante para que a empresa cumpra alguns regulamentos específicos. O primeiro é a Norma Regulamentadora (NR) 33, do Ministério da Economia, que é mais generalista e trata do espaço como um todo, trazendo regras básicas que devem ser observadas.

O segundo é a Norma Brasileira Regulamentadora (NBR) 16577:2017, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que traz mais detalhes sobre o assunto, abordando equipamentos, sistemas e procedimentos seguros para o trabalho em espaços confinados.

Ou seja, observar as normas é uma medida fundamental para que a empresa reduza os riscos e a ocorrência de acidentes, além de evitar problemas em caso de fiscalização ou em uma ação judicial trabalhista.


Faça um checklist de equipamentos necessários para espaço confinado


Existem diversos equipamentos de proteção que podem ser usados para garantir a segurança dos trabalhadores, porém, é possível listar alguns itens específicos que são necessários nos espaços confinados.


Equipamentos básicos


Os equipamentos básicos são aqueles obrigatórios em qualquer espaço confinado.

Confira quais são!


Vestimentas


Existem vestimentas desenvolvidas especificamente para determinadas atividades, com foco na proteção do trabalhador em relação a determinados riscos. Para isso, os tecidos utilizados contam com características específicas, como resistência química ou ao fogo.


Portanto, não se trata apenas de um uniforme, mas de um EPI fundamental para que os trabalhadores tenham mais segurança durante o trabalho e se mantenham protegidos diante de imprevistos.


Proteção respiratória


Dependendo do tipo de espaço confinado, é preciso adotar o uso de máscaras que ofereçam proteção respiratória, mas existem diferentes tipos de EPIs que podem ser usados conforme os riscos identificados na Análise Preliminar de Risco (APR) e na Permissão de Entrada de Trabalho (PET).

Além das máscaras, é possível adotar o uso de respiradores que contêm filtros capazes de melhorar a qualidade do ar ou com adução de ar.


Detectores multigases



Esse equipamento tem o objetivo de fazer uma análise dos gases presentes no espaço confinado, e isso deve ser feito antes da entrada e durante o trabalho no local para identificar qualquer risco e tomar as medidas cabíveis.

Vale lembrar que, desde 2017, é obrigatório o uso de um detector que identifique pelo menos 4 tipos de gases. Essa regra substituiu a exigência do detector de gases, que verificava apenas o nível de oxigênio.


A mudança é importante, pois, mesmo que o oxigênio esteja em níveis adequados, podem existir outros gases prejudiciais ou que causem a asfixia, como o ácido sulfúrico (H2S) ou o monóxido de carbono (CO). Caso algum dos gases atinja níveis perigosos, o sistema emite um alerta para que o trabalhador saia do local.



Ventiladores


A ventilação é importante para manter a atmosfera do ambiente homogênea ou uniforme de modo contínuo, e o uso de equipamentos mecânicos para isso é mandatório, conforme previsto na NBR 16577:2017. Podem ser usados insufladores, exaustores ou os dois tipos de equipamentos, dependendo das características do espaço confinado em que será feito o trabalho.


Equipamentos complementares


Dependendo das características do espaço confinado, podem ser usados outros equipamentos complementares para a atividade. Confira algumas opções!


Trava-quedas


Esse equipamento é usado quando o espaço confinado também configura o trabalho em altura, com risco de queda. Por isso, ele é utilizado apenas em casos específicos.



Equipamentos de resgate


Entre os equipamentos necessários para espaço confinado, é importante lembrar dos que estão relacionados aos procedimentos de entrada e saída do ambiente. Por exemplo, se o trabalho é em um tanque, é preciso adotar alguns procedimentos específicos para o acesso e a retirada do empregado em caso de acidente.


Eles também podem ser usados nos procedimentos previstos no plano de resgate, que é um item obrigatório para o trabalho nesses locais. Aqui, podem ser usados:

  1. guinchos;

  2. talabartes;

  3. cintos de segurança;

  4. sistemas de ancoragem móvel;

  5. macas tipo envelope.


É importante destacar que as características específicas de cada equipamento dependerão dos detalhes de cada espaço confinado. Exatamente por isso, antes do trabalho é preciso elaborar a APR e a PET.


Inclusive, uma mesma empresa pode contar com diferentes tipos de espaços confinados, sendo fundamental que os responsáveis pelas ações de segurança do trabalho considerem as particularidades de cada um para definir práticas que serão adotadas pelos trabalhadores.


Procure um especialista, Procure a PORTEGE-SMS


Para garantir a segurança dos trabalhadores, a empresa deve tomar diversas medidas, principalmente ao mapear riscos, definir estratégias e adquirir os equipamentos necessários para o trabalho em espaço confinado. No entanto, muitas vezes surgem dificuldades para encontrar as melhores opções.


A PROTEGE-SMS é uma consultoria especializada, aplicando conhecimentos específicos sobre os requisitos previstos na NR 33 e na NBR 16577:2017, nossos profissionais auxiliarão a empresa indicando as melhores estratégias para garantir a segurança dos trabalhadores.


Além de consultorias, também trabalhamos com a locação de equipamentos de segurança, com itens devidamente certificados para garantir a proteção dos trabalhadores. Dessa forma, a sua empresa encontrará as melhores soluções para atender às normas de segurança do trabalho.


Agora que você já conhece os equipamentos necessários para espaço confinado, é fundamental fazer uma análise de riscos detalhada para encontrar as melhores práticas de proteção para os seus empregados.


Se você gostou do conteúdo e tem interesse em saber mais sobre os nossos diferenciais, entre em contato conosco e descubra nossas soluções para a sua empresa!Uma alternativa para isso é contar com um serviço de consultoria especializada, como a da . Com conhecimentos específicos sobre os requisitos previstos na NR 33 e na NBR 16577:2017, os profissionais auxiliarão a empresa indicando as melhores estratégias para garantir a segurança dos trabalhadores.


Além de consultorias, também trabalhamos com a locação de equipamentos de segurança, com itens devidamente certificados para garantir a proteção dos trabalhadores. Dessa forma, a sua empresa encontrará as melhores soluções para atender às normas de segurança do trabalho.


Agora que você já conhece os equipamentos necessários para espaço confinado, é fundamental fazer uma análise de riscos detalhada para encontrar as melhores práticas de proteção para os seus empregados.


Se você gostou do conteúdo e tem interesse em saber mais sobre os nossos diferenciais, entre em contato conosco e descubra nossas soluções para a sua empresa!

2 visualizações
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social